Mesa para dois

O mês passado foi realmente o mês das bruxas para mim. Entrei em um verdadeiro colapso feminino agudo de escala 5. Foi então que decidi me trancar no mundo das purpurinas e só consumir produtos direcionados para mulheres em meio a um ataque nervoso.
Comecei por um livro; Tasha Harris abre o jogo. Consumi este em 48 hrs, e com muita dó, pois ele é incrivelmente sensacional. Na semana seguinte parti para os filmes…Um clássico; O Diário de Bridget Jones 1 e 2. Um romântico; O amor não tira férias. E um alto astral, o poderoso e renovador; sexy and the city.
Foi tiro e queda, meu humor melhorou substancialmente 60%, naturalmente, por que os outros 40% fica por conta do meu namorado fazer por melhorar.
Foi quando eu percebi que esses filmes e livros que vi, eram regados de vinhos do começo ao fim. Cheguei a essa conclusão, porque todas as vezes que acabava de vê-los, eu sempre estava pensando numa bela garrafa de vinho tinto seca em cima da minha mesinha de centro.
E me lembrei que por diversas vezes que saia pra jantar, pedia a famosa carta de vinhos, e para causar boa impressão, sempre escolhia o mais caro, por que não sabia o que fazer.Logico que todas as vezes me dava mal.
Então la vai algumas dicas sobre a escolha do vinho que você vai pedir no seu próximo encontro romântico. Certeza que você vai impressionar.
Existem cinco tipos distintos de vinhos: os vinhos tintos, os brancos, os rosés, os espumantes, e os vinhos fortificados.
E aquelas nomenclaturas estranhas que vem do lado do nome do vinho, são os tipos de uva, ai esta o segredo.
Cabernet Sauvignon – A mais clássica. Tem um amplo espectro de aromas: frutas vermelhas, café, chocolate geléia e tabaco.
Cabernet Franc – mais leve do que o cabernet sauvignon.Lambrusco – Uva tinta cultivada em toda a Itália. É mais conhecida no Brasil pelos vinhos frisantes, semi-doces e baixo teor alcoólico.
Malbec – originária de Bordeaux. De cor escura, denso e aromas florais.
Merlot – Similar à cabernet sauvignon, entretanto mais suave, tem sabor mais macio, menos tanino e aromas mais frutados.
Chardonnay – Gera um vinho seco, encorpado, mas seu sabor varia de ácido e metálico a intenso e tropical.
Existe muito mais tipo de uvas, mas essas são as que se encontra em qualquer restaurante. E se você for pedir a minha opinião, eu diria o Lambrusco, Merlot e chardonnay, com muitas velas, por favor!
Xêro,
Tyta Melro
.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: